site logo
 

PUBLICIDADE

img

A desigualdade dentro das salas de aula0 comentário

Colunas > Repórter Teen

Tamanho da fonte A A

Repórter Teen

Por Andressa B. Viana

15 anos, aluna do 2º ano do ensino médio

Publicado em 14/10/2008 21:59


Escolas, sejam elas públicas ou particulares, são locais de trabalho de muitos jovens que aspiram por uma vida profissional qualificada. Durante a jornada escolar de um estudante, boa parte do seu tempo é voltada para atividades em grupo, amizades e recreações realizadas na escola. Na teoria sim, mas e na prática, ainda há essa integração?


Não por completa. Em conseqüência da ganância que domina a sociedade, o mundo se torna cada dia mais desigual. E essa realidade está clara até no meio escolar, uma vez que a própria sociedade está criando mais um preconceito: a capacidade intelectual dos indivíduos.


Hoje, independentemente de ser privada ou não, a escola deve ser um ambiente em que haja companheirismo entre os alunos. Apesar de todos terem a mesma ambição, que é a de entrar em uma universidade de sua preferência, os alunos precisam do apoio alheio para aprimorar seus conhecimentos. Segundo uma diretora de uma escola particular de Goiânia, as diferenças são essenciais no aprendizado e "um deve ajudar o outro", comentou.


Penso que a criação de novas restrições no ensino, como as escolas que separam os alunos com menor facilidade de compreensão daqueles que captam o conteúdo de forma mais rápida, não seja a melhor opção para desenvolver futuros cidadãos talentosos. Acredito no compartilhamento de informações e no auxílio aqueles que necessitam de maior atenção.


A inclusão escolar tem sido mal compreendida perante aos conceitos arcaicos que alguns governos ainda estão articulados. Não basta criar programas de integração de jovens à escola. É necessária a busca por condições extras que favoreçam a vida acadêmica de um estudante que sequer tem um lar e uma alimentação decente.


A indiferença às diferenças pode estar mais próxima do que você imagina. Também não é fácil combinar igualdade e diferenças no processo escolar. O certo é que os alunos jamais deverão ser desvalorizados e inferiorizados pelas suas diferenças. Colabore para isso!

 

Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado

O autor do comentário é o único responsável pelo conteúdo publicado.

PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

AGENDA

< >

img

Av. D, nº 419, sala 401, Ed. Comercial Marista

Goiânia - GO / CEP:74.150-040

(62) 9946-0186

[email protected]