site logo
 

Veterinária aponta benefícios dos suplementos para pets0 comentário

Mundo Pet

Tamanho da fonte A A

Publicado em 15/06/2021 04:22

 

É provável que você já tenha ouvido falar sobre o uso de suplementos para os pets, mas você sabe por que eles podem ser utilizados para os animais? A suplementação é comumente utilizada para suprir alguma necessidade específica, ou até mesmo para complementar a dieta de cães e gatos.

 

“Em algum momento da vida é possível que o pet precise de suplementos. Existem diversos tipos, como vitaminas, proteínas, aminoácidos, minerais, ácidos graxos essenciais (ômega 3), próbioticos. O suplemento pode ser um aliado na manutenção da qualidade de vida e do bem-estar dos pets”, detalha a médica veterinária e gerente de Produtos de Nutrição da Avert Saúde Animal, Priscila Brabec.

 

Os suplementos podem desempenhar diferentes funções no organismo dos animais como: auxiliar no sistema imunológico, ajudar na reposição de constituintes das articulações, equilibrar a microbiota intestinal, auxiliar na saúde da pele e pelagem, amenizar os efeitos do envelhecimento, entre outros. Muitos tutores têm dúvidas sobre os suplementos e para auxiliar nesta questão, Priscila listou cinco benefícios para os pets. Confira:

 

1- Suporte das defesas naturais

Alguns suplementos podem auxiliar nas defesas naturais do organismo dos pets, como por exemplo as betaglucanas. Elas auxiliam, especialmente nas fases de vacinação do animal e também como suporte nutricional ao sistema imunológico em caso de doenças crônicas.

 

2- Melhora na flora intestinal

Alguns animais podem ter um desequilíbrio da microbiota intestinal e isso pode gerar diarreia e desconforto abdominal. As causas para o problema são variadas, indo desde problemas digestivos até algum tipo de intolerância alimentar. Os prebióticos e probióticos, por exemplo, podem ajudar no equilíbrio da microbiota intestinal, pois os prebióticos atuam estimulando e fornecendo um ambiente mais propício para as bactérias benéficas do intestino crescerem e os probióticos são  são micro-organismos benéficos para o intestino e ajudam no equilíbrio da microbiota.   

 

3- Suporte às articulações

Existem suplementos que podem auxiliar no fornecimento de componentes das para ajudar na proteção das articulações dos pets, como por exemplo: colágeno hidrolisado, condroitina, glucosamina, ácidos graxos essenciais (ômega 3). Também podem ser utilizados em cães e gatos idosos, que necessitem de um suporte para as articulações no caso de alguma doença articular.  

 

4- Saúde da pele e dos pelos

As vitaminas, os aminoácidos e os ácidos graxos essenciais (ômega 3), podem ajudar na manutenção da pele, crescimento e resistência da pelagem, aumentar o brilho e a maciez da pelagem, reduzir a queda de pelos e a presença de pelos quebradiços e também ajudar na redução da  descamação cutânea.

 

5 – Atenção à massa magra

Com o passar da idade do pet, pode ocorrer a perda progressiva da massa magra (musculatura), chamado de sarcopenia, e isso pode gerar dificuldade na locomoção, menos pique para exercícios/caminhadas, o pet fica mais tempo e vai perdendo a força da musculatura. Outro caso que ocorre a perda da massa magra, é quando temos a chamada caquexia. Ela geralmente acontece quando o animal tem alguma doença crônica ou câncer. Nesses casos, a suplementação com foco no ganho e manutenção da massa magra (musculatura) com por exemplo: BCAAs (aminoácidos de cadeia ramificadas) e colágeno hidrolisado será importante para melhorar a qualidade de vida e bem-estar dos pets.

 

PUBLICIDADE

img

Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado

O autor do comentário é o único responsável pelo conteúdo publicado.

PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

AGENDA

< >

img

Av. D, nº 419, sala 401, Ed. Comercial Marista

Goiânia - GO / CEP:74.150-040

(62) 9946-0186

[email protected]