site logo
 

A Flórida, a pandemia e as regras para entrar nos EUA0 comentário

Colunas > Por Aí

Tamanho da fonte A A

Por Aí

Por Paty Quinan

Cirurgiã-dentista, empresária do Grupo The1 Health, especialista em gestão de saúde com foco em tendências de mercado, marketing de luxo e criação de comunidades phydigitais.

Publicado em 11/02/2021 19:50

 

Olá!

 

Que prazer retomar a minha coluna diretamente da Flórida (EUA) para vocês, agora em formato mensal!

 

Sobre a pandemia do Covid-19, trago boas notícias! Felizmente, o número de novos casos e de internação estão em queda por aqui. Especialistas estão considerando que é em consequência da vacinação. Um sinal de esperança vindo do país que tem o maior número de pessoas acometidas pelo vírus no mundo.

 

Segundo dados coletados pelo “The Covid Tracking Project”, houve uma redução de 40% no número médio de novos infectados em 29 de janeiro, em relação ao pico registrado anteriormente nos Estados Unidos.

 

Especialistas ouvidos pelo jornal The New York Times projetam a diminuição do número de novos casos aos mais de 26 milhões de pessoas já foram imunizadas, dentro do montante de 328 milhões de habitantes. Podemos concluir que à medida que tivermos uma maior porcentagem de vacinados teremos um controle maior da pandemia, mesmo com o surgimento de novas variantes do coronavírus, o que significa na prática, uma possibilidade efetiva do controle da doença e de abertura das fronteiras.

 

O novo presidente eleito Joe Biden determinou novas estratégias de vacinação para aumentar a velocidade de imunização da população. Porém, as restrições de entrada para brasileiros ainda estão vigentes, determinando que os passageiros que residem ou estiveram no Brasil nos últimos 14 dias continuam não autorizados a entrar em território norte-americano.

 

Ainda assim, existem algumas possibilidades, caso você queira assumir todos os riscos de fazer uma viagem internacional agora, o que eu, não recomendo. Segundo o site de viagens Skyscanner, para o passageiro brasileiro entrar nos EUA é necessário estar entre as exceções determinadas pelos Estados Unidos — Confira a lista no site do Skyscanner — além de estar disposto a passar por uma quarentena ou ficar pelo menos 14 dias em algum país que não está na lista de países com restrição de entrada nos EUA. O passageiro também deverá apresentar um teste PCR negativo para coronavírus e ficar em isolamento ao chegar no país.

 

Com tudo isso, vocês devem concordar comigo que fica bem complicado neste momento pegar um avião para curtir as férias tão esperadas. 

 

Outro importante ponto a ser considerado é sobre o funcionamento dos locais de entretenimento como parques nacionais, parques temáticos, restaurantes, lojas, museus, teatros.... Cada estado americano tem autonomia sobre as regras relativas à contenção da pandemia e cabe a cada um definir o que deve abrir e quais regras de segurança são exigidas. Porém, logo nos primeiros dias de mandato, o presidente Biden já deixou claro que irá implementar medidas de segurança mais rígidas a nível nacional, como por exemplo, o uso de máscara de proteção facial obrigatório.

 

Importante lembrar que as regras mudam do dia para noite, ficando difícil planejar com antecedência sua viagem. Na Flórida, por exemplo, por enquanto segue praticamente tudo aberto e funcionando normalmente. 

 

Os parques da Disney e Universal estão abertos também, mas com capacidade limitada, horários reduzidos e obrigatoriedade do uso de máscara. Para mais informações sobre as medidas de segurança exigidas e as atrações que estão funcionando, confira os sites oficiais de cada estabelecimento.

 

 

Ainda não há como prever a reabertura dos Estados Unidos para brasileiros e para o turismo. Porém, as notícias em relação ao novo plano de combate à Covid-19 e à vacinação nos EUA indicam que podemos esperar que em breve isso aconteça.

 

Enquanto isso não acontece, a não ser que você tenha um dos vistos com entrada permitida ou cumpra algum dos requisitos na lista de exceções, o jeito é aproveitar o momento para aprofundar seu conhecimento sobre o que fazer nos Estados Unidos e para planejar o seu roteiro de viagem pós-pandemia.

 

Nas próximas colunas vou falar sobre todas as novidades e lançamentos imperdíveis que você deve colocar no roteiro de viagem para a Flórida.

 

Te vejo 

Por Aí

Paty Quinan

 

PUBLICIDADE

img

Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado

O autor do comentário é o único responsável pelo conteúdo publicado.

PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

AGENDA

< >

img

Av. D, nº 419, sala 401, Ed. Comercial Marista

Goiânia - GO / CEP:74.150-040

(62) 9946-0186

[email protected]