site logo
 

PUBLICIDADE

img

Filme O Silêncio da Chuva chega com exclusividade ao Globoplay0 comentário

Vem Aí

Tamanho da fonte A A

Publicado em 17/11/2021 03:04

 

Foto: Globo/Divulgação


O ator Lázaro Ramos é o protagonista do filme O Silêncio da Chuva, um lançamento exclusivo Globoplay que já se encontra disponível na plataforma. No longa, ele vive Espinosa. Junto com sua companheira de trabalho, Daia (Thalita Carauta), ele atua na investigação da morte do executivo Ricardo (Guilherme Fontes), encontrado morto a tiros no banco do seu carro.

 

Apesar de ser inspirado no primeiro romance policial de mesmo nome do escritor Luiz Alfredo Garcia-Roza, o filme dialoga e se aproxima dos tempos atuais. “O delegado Espinosa é um observador da cidade, um homem que ama a literatura e essas características são presentes tanto no livro quanto no filme.

 

A diferença é que a adaptação do roteiro cinematográfico se comunica e se aproxima do nosso tempo, trazendo a força feminina, por exemplo, como um dos principais elementos do filme”, diz Lázaro Ramos.

 

O trabalho da dupla Espinosa e Daia começa com a procura por Bia, viúva de Ricardo interpretada pela atriz Cláudia Abreu. Mas quando os suspeitos começam a desaparecer misteriosamente, as investigações tomam um rumo totalmente inesperado.

 

“O final é muito surpreendente. Um deles já estava prescrito no roteiro e o outro foi construído no processo de ensaio do filme. Vejo as pessoas falando muito deles. O meu conselho é que assistam o filme até o pós-crédito”, alerta.

 

Confira a breve entrevista com Lázaro Ramos:

O Silêncio da Chuva é uma adaptação para o cinema do livro de Luiz Alfredo Garcia-Roza, vencedor do prêmio Jabuti na categoria romance. A versão cinematográfica é dirigida por Daniel Filho. Como surgiu a oportunidade de interpretar o detetive Espinosa?

 

O Daniel me convidou há mais de 12 anos para fazer o filme. Eu achei até que não sairia ou que ele mudaria de ideia do ator para o personagem Espinosa. Mas quando ele foi filmar, retornou com o convite, o que foi uma honra para mim. Esse personagem está no imaginário literário brasileiro e esse convite me trouxe um arquétipo de um personagem que eu nunca tinha feito. 

 

Thalita Carauta vive a inspetora Daia, parceira de Espinosa na trama policial. A dupla rende bons momentos e uma pitada de humor. Como foi trabalhar com ela?

 

Uma das coisas deliciosas do mundo foi trabalhar com a Thalita. É uma pessoa que eu quero voltar a trabalhar pelo talento, pelo alto astral no set e, principalmente, porque eu me diverti muito em cada cena. Tanto é, que em algumas das cenas o riso que está ali não é de um personagem, é o riso do Lázaro descontrolado com o que Thalita fazia. 

 

Qual é a sua expectativa em relação a estreia do filme no Globoplay?

 

É uma janela importantíssima de divulgação do filme. Para mim a experiência é muito positiva porque toda vez que estreia uma obra nova, a discussão começa a tomar as redes sociais, começa a receber o retorno do público que já assistiu e o volume é muito grande. Muita gente tem acesso e dá pra gente avaliar isso claramente, toda vez que estreia uma coisa, logo logo as pessoas já vem elogiar, criticar, sugerir, continuar o debate que as obras provocaram.  

 

PUBLICIDADE

img

Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado

O autor do comentário é o único responsável pelo conteúdo publicado.

PUBLICIDADE

img

PUBLICIDADE

img

AGENDA

< >

img

Av. D, nº 419, sala 401, Ed. Comercial Marista

Goiânia - GO / CEP:74.150-040

(62) 9946-0186

[email protected]